11 setembro 2011

São 3 anos de casa nova vida nova

Hoje faz 3 anos que mudamos para esta casa, comemoramos, lógico, com um belissímo e rotineiro café da manhã, algo que meu marido prepara com muito carinho e destreza. As nossas visitas e mesmo sem elas, domingo é dia de café da manhã do papai, diga de passagem, uma das coisas que ele faz na cozinha, além claro do excelente churrasco e as louças memoráveis que ele lava brincando e também do melhor varredor de casa do mundo ... quiça do universo . Sem contar que ele vai a padaria ou mesmo ao mercado, sozinho e sem reclamar e sabe exatamente o que comprar, não esquece nada, trás tudo bem calórico, para meu sofrimento que sempre saio da dieta, começando assim o nosso domingo gastronômico. Agora com a mesa para 8 lugares ninguém fica de fora, até os agregados "os genros" sentam à mesa.

 Dei um toques especiais com os arranjos de flores sobre protesto dele que diz "que sempre dou uma  "aboloiada" nas coisas com esses arranjinhos" mas sei que gosta é minha marca.









 Esta é o presente que minha filha Huiara trouxe de Fortaleza, uma toalha digna para minha mesa linda presente do maridão, que fica todo todo na cadeira de braço, parecendo um "pachá" ou melhor imperador.



As xícaras trouxemos de Orlando, combinamos que cada um traria a caneca que mais descrevesse a personalidade, esta foi feita para a Tainah, que tem um excelente humor, mas sempre diz que antes das 10h nenhuma mulher é bela nem mágica.
"Mornings aren't Magical" Manhãs não são mágicas.

  

Esta é da Huiara, brava!!!! bsurdo. Acorda sempre com mau humor vai melhorando conform o dia vai rompendo.... lá pelas tantas ela esta ótima . Doce uva que só azeda bem no finalzinho.
Mornings aren't pretty! - Manhãs não são bonitas

Diz pra min se não são a cara delas, quem conhece sabe. Uma só pensa em beleza e a outra odeia as manhãs, e é simples e bem prática...  não é atoa que esta será engenheira.... rsrsrsrsrs



Infelizmente ninguém  queria aparecer na foto, até porque hoje a alvorada foi cedo, e as caras estavam daquele jeito. O pai que havia chegado de um plantão de 8h e foi logo colocando a mesa e tirando a galera da cama. A galera morta de sono porque ficou até as duas da manhã assitindo filmes. E ainda teve os caças que nos acordou ainda mais cedo com seus rasantes. Hoje aqui no bairro foi dia da comemoração do 7 de Setembro, com desfiles Militares e esdudandis, e minha rua é a concentração. Alvorada ao som de fanfarras e bandas de música. Uma manhã bem peculiar.
Tem também a briga para saber qual casal deitará na rede, e a conversa se estende e vai parar na varanda  que neste domingo o assunto da vez foi o "futuro da Huiara" acertando diretrizes para ela que quer continuar e fazer uma nova faculdade agora de engenharia de produção ou trabalhar, já que o mercado de trabalho na area de Engenharia Textil esta cada vez mais escasso. Este papo rendeu até as tantas só parou para preparar o almoço, outra briga: Quem vai fazer o quê? 
Assim são todos os nossos domingos, ou melhor, os que conseguimos estarmos juntos. Eu, Eles, a vô Glória, Huiara e Luis, Tainah e Leonardo. Estamos esperando completar de fato toda a família, com a chegada do meu terceiro filho, o mais velho, Cláudio Vinícius, que estuda em Brasília e chegará em dezembro, nas férias, ai sim a guerra fria esta instaurada. 

Assim respondo a pergunda da revista Casa e Jardim
Onde esta sua felicidade?
A minha esta exatamente aqui, na minha casa com minha família.

x_3b642f50