21 dezembro 2011

Reforma de quarto de Solteiro

Surpresa de fim de ano graças a revista Minha Casa

Bem no finalzinho do ano minha filha Huiara, que nunca foi muito adepta a decoração e nem a por a mão na massa, me surpreendeu Confesso que era meio frustante, pois seus irmãos são bem desenrolados e me ajudam sempre. Ela nunca se envolveu, mas o amor muda e transforma pessoas. O conhecimento estava bem guardadinho, como dizemos aqui em casa :

  Na minha cabeça esta prontinho!  E não é que estava mesmo.

Logo que entrou de férias na faculdade e voltou para casa, começou a mexer nas minha revistas e logo se apaixonou pela Revista Minha Casa, quando cheguei ao escritório, lá esta ela totalmente envolvida com as matérias e ideias fáceis, praticas e econômica da revista, que caiu como uma luva com a personalidade. Aproveitou que o namorado havia me pedido para providenciar um bancada para que ele pudesse estudar no quarto e deu uma incrementada no pedido. No fim de semana ela me liga, estava na Leroy Merlin, perguntando o que precisaria de comprar para pintar um quarto. Resumindo, passou o fim de semana na casa dele e juntos (os dois e os pais) pintaram o quarto. Segundo relatos, ela praticamente fez tudo sozinha, os pais e o namorado não são muito adeptos a estes programinhas.











Com a revista em punho ela deu conta direitinho do recado, seguiu a risca o PAP e o resultado não poderia ser melhor. Fez o banco sapateira e também um criado mudo que resolvemos pintar com cor de madeira bem parecida com a cor original do caixote.



Fotos antes 





Aqui em casa corri para fazer um projetinho para ajudar sua primeira bricolagem!

Projeto





Aproveitei e projetei o armário para que no futuro ele possa executar. 

Olha a parede que eles pintaram, usando a minha experiência em fazer tintas, que eu a ensinei, ainda criança em nossas tarde de pintura. Adorei a cor! O criado revisteiro também ideia que estava na mesma edição da revista: outubro de 20011.




Sua empolgação me contagiou e resolvi eu mesmo executar o projeto. Outra obra de "Eu marceneira" . Fui a madeireira e cortei o resto da madeira que havia sobrado da bancada do quarto delas, comprei os bicos de tucano, que geralmente usado para segurar vidros mas nesse caso usei para madeira e deu muito certo.


  

Por telefone expliquei como eles iriam medir para fixar a tv, ao chegar percebi que esta errada a medida e tive que retirar e fixar novamente. Outra revolução feminina além da máquina de lavar é  saber usar a uma furadeira, depois que aprendi, nunca tive que esperar por alguém com tempo para fazer. Eu furo tudo!


 Então saindo do campo das ideias!!!!



Copos e cumbuquinhas de sobremesas (R$ 1,99) foram usados como organizadores de lápis, canetas e clips, latas de achocolatado e cestinhas para guarda objetos e carregadores. Terminaremos o projeto escondendo os fios e decorando as prateleiras.  Ia esquecendo, reformei esta cadeira que estava na garagem que também aprendi a fazer com a revista Minha Casa. Como aprendizes achei um excelente resultado. Estou ficando craque nisso rsrsrsr. Adoro projetar móveis, se fosse escolher um área de trabalho dentro da decoração ficaria com design de moveis.