28 maio 2011

Nunca Desista - 10 anos


SHOW DO U2 EM SÃO PAULO

              Amigas estou voltando, depois de alguns meseS fora do ar. Tive alguns problemas de saúde com a minha mãe que agora esta bem, e tudo entrando nos eixos. Problema resolvidos e superados, com alguns arranhões. Fiz varios posters e não pude publicar, com acontecimentos um pouco "velhos" mais bem interessante. 

Espero que gostem. 

Foi muito dificil ficar sem o carinho de vcs. 

Blog vicia!


São Paulo é chique!!!

            Havia estado na cidade há algum tempo, sempre para visitar museus e feiras de artes, desta vez acompanhada pelo marido, confesso foi bem mais divertido. Visitar Sampa significa ir a alguns lugares chamosos como o Ibirapuera, a 25 de março, o Mercado Municipal, a Liberdade e claros alguns shopping.
               Desta vez além destes lugares pitorescos o motivo principal foi o show do U2.


IBIRAPUERA

 Meu marido escolheu um hotel bem no coração de tudo, o Ibirapuera fica atrás, uma caminha de 20 min e estavamos lá, completando o percurso ja no parque que é muito grande e logo cansamos.


         O auditório do Ibirapuera uma obra belissima do mestre Niemeyer. Ficou maravilhado com esta escultura que vai do teto ao chão, no haal de entrada do auditorio nenhum mobiliario ,  a escultura preenche o espaço enorme, o vazio mais elegante e marcante que ja vi.


 
Charmoso e muito aconchegante, sem aqueles exageros que todos os hoteis tem. A decoração com arranjos simples e elegantes. Simples chique, vocês sabem.




No Quarto, e lá fora o munda estava se acabando em água. Claro é São Paulo.



 MERCADO MUNICIPAL PAULISTANO

            Projetado pelo escritório do arquiteto Francisco Ramos de Azevedo em 1926, o Mercadão foi inaugurado em 25 de janeiro de 1933. A execução dos vitrais foi entregue ao artista russo Conrado Sorgenicht Filho, famoso pelo trabalho realizado na Catedral da Sé e em outras 300 igrejas brasileiras. Ao todo, são 32 painéis subdivididos em 72 lindos vitrais.
             O prédio – que ocupa um espaço de 12.600 metros quadrados de área construída às margens do rio Tamanduateí – abriga mais de 1.500 funcionários que, juntos, movimentam cerca de 350 toneladas de alimentos por dia em seus mais de 290 boxes.             

É o último dos grandes edifícios em estilo eclético de São Paulo.  A estrutura do edifício é de concreto armado, que começava a se popularizar em São Paulo. A composição da fachada é marcada por uma série de arcos, com fecho em forma de mascarões de rostos femininos, encimados por cornucópias cheias de frutas. Os arcos dessas torres são fechados pelo brasão da cidade de São Paulo, criado poucos anos antes pelo artista J. Wasth Rodrigues. O ponto alto da decoração são os cinco vitrais que retratam cenas campestres, de autoria de Conrado Sorgenicht Filho, o grande nome da arte em vitral de São Paulo.




              Até hoje mantém com dignidade as funções para as quais foi projetado. É uma verdadeira catedral da gastronomia paulistana, atraindo gourmets, chefs de cozinha, turistas, donas de casa e moradores da cidade em geral, a fim de uma refeição rápida ou à procura de comidas finas. Ali podem ser encontradas as mais delicadas iguarias, as mais finas especiarias, peixes, crustáceos, embutidos, queijos, vinhos, azeites, conservas, frutas,vindas de todas as partes do mundo.
        A decoração das barraca, se é que se pode chamá-las assim, é uma espetáculo a parte, são caprichosamente dispostas sobre papéis finos e coloridos, chamados papel de seda, com cores que  constratam com as cores da frutas, dando um colorida ainda mais vibrante e saboroso. Além de tudo, ainda contamos com a gentileza dos comerciantes que a todo tempo nos chamam a saborear frutas desconhecidas e de gosto as vezes deliciosos e outros nem tanto.



                              Não poderia deixar de experimentar o tão famoso pastel de bacalhão e o sanduiche de mortadela. Ambos maravilhosos e gigantescos. 

Uma verdadeira refeição, por um preço muito em conta, o local é muito lotado, funciona basicamente na hora do almoço, dificil é acalmar a ansiedade e a fome até encontrar uma mesa. 

                     Ao chegar o espanto e a dúvida: - Será que conseguirei? Eu não consegui mas meu marido sempre da conta!


 
 

 Não deixem de visitar!

O SHOW - 1998/2011

 
        Finalmente o grande dia, não que os outros lugares não foram atraentes, mas é que para nos o U2 e muito emblemático, em 1998 quando começamos a namorar pela segunda vez, isso é uma história longa, fomos ao show deles no Rio, eramos namorildos e hoje já casados e 13 anos depois estamos aqui celebrando o amor e comemorando 10 anos de casados, nada melhor do que comemorar com as música e a  banda que enche nossos dias de alegria.  Interessantes que no show de 98 fomos com um amigo e agora voltamos os três e mais a esposa para festejar.









PERFEITO!