12 setembro 2010

SURREALISMO

A TV MAIS CARA DO MUNDO!






PrestigeHD Edition SUPREME

Topo da tecnologia da indústria de 55 "tela com os materiais mais utilizados bonito. A base e moldura exterior composto por cerca de 19 kg de ouro 22ct sólida, frame exterior é adornada com 48 brilhante redondo corte 0.75ct se os diamantes. 
 A camada de tela interna é feita a partir de pele de jacaré, tudo costurado a mão. Uma edição limitada de apenas 10 a serem feitas.  Mais desenhos luxo deste produto pode ser visto em nosso website www.goldstriker.co.uk outros

Preço - R $ 1.000.000,00

 

PrestigeHD SUPREME Rose Edition

Os mundos TV mais caro. Topo da indústria de tecnologia de 55 "tela com a bela materiais mais utilizados. A base ea estrutura externa composta por cerca de 28 kg de sólidos 18ct ouro rosa moldura exterior, é adourned com 72 brilhante redondo corte 1CT se os diamantes Flawless com a área remanescente conjunto com Sunstone e Ametista. A camada de tela interna é feita a partir de pele de jacaré, tudo costurado a mão. Uma edição limitada de apenas 3 a serem feitas. Mais desenhos luxo deste produto pode ser visto em nosso website www.goldstriker.co.uk outros

Preço - R $ 1.500.000,00


LAPTOP MAIS CARO DO MUNDO 


Polidos todo para revelar um espelho incríveis como aparência e totalmente adornado em ouro 24ct. Apenas uma palavra descreve esse laptop "stunning". Este é o topo de gama modelo de 2,13 GHz, Intel Core 2 Duo com barramento frontal de 1066 MHz de memória de 2GB, 128GB de estado sólido unidade1 e NVIDIA GeForce 9400M, aguarde 10 dias úteis para entrega.
  • Preço: R $ 4,995.00


Blackberry Bold

 O Blackberry Bold 9700 2 ª edição cheio de ouro 24ct. O BlackBerry Bold tem apenas mais ousadas. Já um dos mundos mais estabelecidos celulares, mas agora com a sua própria declaração única entre as elite.A frente, lados e costas  foram enriquecidas em ouro 24ct. 
  • Preço: R $ 1,495.00





Tudo muito baratinho e ao alcance de todos! Realmente surreal.


Um pouco de Arte


EXPLICANDO ...O SURREAL COM O SURREALISMO!


Remetendo estes objetos para arte, seria assim como entender uma tela de Salvador Dali, um instalação e obra de Flavio de Carvalho  ou a  obra de Marcel Duchamp, em o engennheiro do tempo perdido ou até dominar o assunto do movimento Surrealismo ou Dadaísmo.
Vejamos se vocês concordam.


PRIMEIRO MOVIMENTO SURREALISMO

        Nas duas primeiras décadas do século XX, os estudos psicanalíticos de Freud e as incertezas políticas criaram um clima favorável para o desenvolvimento de uma arte que criticava a cultura européia e a frágil condição humana diante de um mundo cada vez mais complexo. Surgem movimentos estéticos que interferem de maneira fantasiosa na realidade.
O surrealismo foi por excelência a corrente artística moderna da representação do irracional e do sub consciente. Suas origens devem ser buscadas no dadaísmo e na pintura metafísica de Giorgio De Chirico.
Este movimento artístico surge todas às vezes que a imaginação se manifesta livremente, sem o freio do espírito crítico, o que vale é o impulso psíquico. Os surrealistas deixam o mundo real para penetrarem no irreal, pois a emoção mais profunda do ser tem todas as possibilidades de se expressar apenas com a aproximação do fantástico, no ponto onde a razão humana perde o controle.

A publicação do Manifesto do Surrealismo, assinado por André Breton em outubro de 1924, marcou historicamente o nascimento do movimento. Nele se propunha a restauração dos sentimentos humanos e do instinto como ponto de partida para uma nova linguagem artística. Para isso era preciso que o homem tivesse uma visão totalmente introspectiva de si mesmo e encontrasse esse ponto do espírito no qual a realidade interna e externa são percebidas totalmente isentas de contradições.



                  A livre associação e a análise dos sonhos, ambos métodos da psicanálise freudiana, transformaram-se nos procedimentos básicos do surrealismo, embora aplicados a seu modo. Por meio do automatismo, ou seja, qualquer forma de expressão em que a mente não exercesse nenhum tipo de controle, os surrealistas tentavam plasmar, seja por meio de formas abstratas ou figurativas simbólicas, as imagens da realidade mais profunda do ser humano: o sub consciente.
            O Surrealismo apresenta relações com o Futurismo e o Dadaísmo. No entanto, se os dadaístas propunham apenas a destruição, os surrealistas pregavam a destruição da sociedade em que viviam e a criação de uma nova, a ser organizada em outras bases. Os surrealistas pretendiam, dessa forma, atingir uma outra realidade, situada no plano do sub consciente e do inconsciente. A fantasia, os estados de tristeza e melancolia exerceram grande atração sobre os surrealistas, e nesse aspecto eles se aproximam dos românticos, embora sejam muito mais radicais.

Simples não? 


                              Salvador Dali - é, sem dúvida, o mais conhecido dos artistas surrealistas. Estudou em Barcelona e depois em Madri, na Academia de San Fernando. Nessa época teve oportunidade de conhecer Lorca e Buñuel. Suas primeiras obras são influenciadas pelo cubismo de Gris e pela pintura metafísica de Giorgio De Chirico. 

Finalmente aderiu ao surrealismo, junto com seu amigo Luis Buñuel, cineasta. Em 1924 o pintor foi expulso da Academia e começou a se interessar pela psicanálise de Freud, de grande importância ao longo de toda a sua obra. Sua primeira viagem a Paris em 1927 foi fundamental para sua carreira.

 Fez amizade com Picasso e Breton e se entusiasmou com a obra de Tanguy e o maneirista Arcimboldo. O filme O Cão Andaluz, que fez com Buñuel, data de 1929. 

Ele criou o  o conceito de “paranóia critica“ para referir-se à atitude de quem recusa a lógica que rege a vida comum das pessoas .Segundo ele, é preciso “contribuir para o total descrédito da realidade”. No final dos anos 30 foi várias vezes para a Itália a fim de estudar os grandes mestres. Instalou seu ateliê em Roma, embora continuasse viajando. 

Depois de conhecer em Londres Sigmund Freud, fez uma viagem para a América, onde publicou sua biografia A Vida Secreta de Salvador Dali (1942). 

Ao voltar, se estabeleceu definitivamente em Port Lligat com Gala, sua mulher, ex-mulher do poeta e amigo Paul Éluard. Desde 1970 até sua morte dedicou-se ao desenho e à construção de seu museu. Além da pintura ele desenvolveu esculturas e desenho de jóias e móveis

Um dos único artista a ganhar dinheiro com sua arte, casado com Gala que cuidava pessoalmente desta parte do negocio. Em 1982, com a morte de sua esposa Gala, Dali entrou numa fase de grande tristeza e depressão. Parou de produzir e se recusava a fazer as refeições diárias. Ficou desidratado e teve que ser alimentado por sonda. Em 1984, tentou o suicídio ao colocar fogo em seu quarto. Passou a receber o cuidado e atenção de seus amigos.Dali morreu na cidade de Figueres, em 23 de janeiro de 1989, de pneumonia e parada cardíaca.


A persistência da memória, o mais conhecido dos quadros, é um quadro pequeno (24x33cm), Dalí levou apenas 2 hrs para realiza-lo. O tempo que Gala levou para ir ao mercado e deixa-lo sozinho, demonstra a obsessão que tinha por sua esposa. A flacidez dos relógios dependurados e escorrendo mostram uma preocupação humana com o tempo e a memória. A cabeça adormecida que aparece nesse quadro, em muitos outros também, é o próprio Dalí presente.



 Crianças Geopoliticas Assistindo ao Nascimento do Novo Homem - 1943

Após a segunda guerra mundial, imaginava-se que o mundo seria outro e que nasceria um novo homem dessa experiência traumática que é a guerra .



Mas a visão de Dalí não demonstra este otimismo. A criança que assiste ao nascimento está assustada e a mulher que aponta para o acontecimento, a saída do homem do ovo - mundo, é ao mesmo tempo esquelética e musculosa. É uma atmosfera de ameaça e não de alegria. O ovo é o próprio mundo, com uma casca mole, onde os continentes são moles e estão derretendo: misteriosamente, a África ocidental deixou cair uma lágrima. Há uma gota de sangue escorrendo da abertura de onde sai o homem.



 A Madona de Port Lligat (1949), de Salvador Dali

“A Madona de Port Lligat”, de 1949, óleo sobre tela, como outros quadros do pintor espanhol mostra paisagem montanhosa, terra seca com o sol batendo forte. Salvador Dali nos mostra Mãe e Filho ainda unidos, mas separados do mundo, dentro de uma barreira de concreto em forma de arco. 
Observe que o rosto no quadro é o de sua esposa Gala, que neste caso a faz ser imaculada como a  Maria Mãe de Jesus. E traz no ventre um filho que nunca nasceu.







Sofá Dalilips





De Salvador Dalí para o mundo moderno
O mobiliário desenhado por  Salvador Dalí, para Bd Barcelona Design que tem os direitos exclusivos de comercialização mundial, é o famoso sofá em forma de boca que o artista criou juntamente com Oscar Tusquets em 1972 para a sala de Mae West, no Dalí Museu de Figueres.
Mais de trinta anos tiveram de passar antes que se tornasse possível colocar esse desenho sensual em produção. Gracas a industrial de polietileno, sendo fabricado com a  tecnologia de moldagem rotacional utilizando um processo especial que dá à peça um toque delicado, foi possível reproduzir o realismo e a força expressiva de Dalí que sonhou com essa boca em grande escala, agora poderia sentar-se ou afundar-se de realização.



Artista do surrealismo


Chagal, Max Ernst, Ives Tanguy, André Masson, René Magritte, PicassoJoan Miró 




 PINTOR RUSSO CHAGAL





Marc Chagall nasceu em uma família judia, em 1887, na Rússia. Seu nome original era Moisés. Condição econômica de sua família não era muito estável. Sendo o mais velho dos nove filhos, o pai de Chagall tinha grandes expectativas dele. No entanto, o seu talento criativo foi perceptível em uma fase muito jovem. Resistir a desaprovação do pai, Chagall começou seus estudos de arte em São Petersburgo com Leon Bakst, em 1907, e criou um estilo único de sua autoria.















Max Ernst




Pintor alemão
2-4-1891, Bruhl
1-4-1976, Paris

Max Ernst é considerado um dos grandes mestres do surrealismo e, juntamente com Pablo Picasso, um dos maiores e mais multifacetados artistas do século 20. Foi um dos representantes do dadaísmo. Em 1919 fundou com Hans Arp o movimento dadá de Colônia. Em 1922 mudou-se para Paris, onde se juntou ao movimento surrealista constituído em redor do escritor André Breton.
  











Ives Tanguy







Yves Tanguy nasceu em 1900 na Bretanha, França. Ele começou sua carreira na Marinha mercante e foi convocado para o exército durante a Segunda Guerra Mundial I. Após a guerra ele se estabeleceu em Paris, ganhando a vida por diferentes empregos. Ele nunca teve nenhum treinamento formal em pintura. Ele disse que a idéia de se tornar um artista chegou a ele depois que vi uma foto de De Chirico , em 1923. Seu amigo, o poeta Jacques Prévert (1900-1977), introduziu-o no círculo dos surrealistas.




  Dia de lentidão




 


René Magritte (Pintor belga)




 
(“Isto não é um cachimbo”), de 1929, é uma das obras mais famosas do pintor surrealista belga 

O que é o quadro de Magritte? Há um cachimbo. E uma frase: “Ceci n’est pas une pipe.”. Uma frase que contradiz o que o olho enxerga. “Isto não é um cachimbo.” – como não?!
Uma das possíveis respostas vem do próprio título da obra, que, na verdade, não é “Ceci n’est pas une pipe.”, nome pelo qual ficou famosa, mas sim “La trahison des images”, isto é, “A traição das imagens”. O que vemos não é um cachimbo real, mas uma representação de um cachimbo. A imagem é só um signo, um símbolo, e não “a coisa em si”A frase de Magritte aponta o óbvio. Ninguém tentaria comer uma maçã pintada em um quadro. Então, qual a função da frase, na tela? Justamente esta: ressaltar o óbvio. Ao ver uma maçã, em um quadro, ninguém pensa: “Isto não é uma maçã.”. Se não houvesse a frase na pintura de Magritte, ninguém pensaria, portanto, “Isto não é um cachimbo.”. Aliás, pelo contrário! Todos pensaríamos: “Cachimbo!”.
Simples Não!







Foto de MiroJoan Miró  


Joan Miró i Ferrà foi um artista espanhol que viveu de 1893 a 1983. É difícil classificar exatamente o estilo de sua pintura, pois Miró transitou pelas principais escolas do século XX. O que se pode dizer com certeza é que Miró foi um expoente do Modernismo, nome genérico que abarca todas as vertentes surgidas em tal século.






SIMPLES ASSIM!
Eu usaria todo dinheiro gasto com objetos de luxo para comprar  uma obra de arte! 
Gosto é subjetivo e particular!