13 outubro 2010

Estilos De♥coração

Toile de Juoy

Tecido de algodão ou linho, no qual se estampavam, originalmente, coloridas cenas pastoris em uma única cor ( monocromática) sobre fundo branco. O sistema de impressão foi desenvolvido por Christopher-Philippe Oberkampf, em Jouy-en Jousas, local perto de Versalhes, no século XVIII. Nessa ocasião, a rainha Maria Antonieta escolheu essa estampa para revestir as paredes do palácio. Mais tarde, a estampa passou também a retratar cenas burguesas, fábulas e episódios históricos, temas orientais, sendo a figura do mandarin muito elegante nesse tipo de acabamento que originalmente foi idealizado para dormitórios das moças da alta sociedade. Além desse ambiente, o Toile de Jouy pode  ser chique no closet e no banheiro.





 

 

  




  


Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida.
Provérbio chinês