16 outubro 2010

Cortinas na De♥coração

Desmistificando este impasse - Como deve ser o caimento do tecido, o comprimento e a distância em relação o teto.  

A cortina curta que ocupava toda a largura da parede cedeu lugar a um modelo longo e mais estreito, que se restringe ao vão da janela. A solução deixa o ambiente mais leve. “O espaço que sobra nas laterais pode ganhar quadrinhos ou até uma luminária”, 
  
Acertando na medida


Errado
Se a janela for baixa e você instalar o trilho ou o varão logo acima dela, a impressão será de achatamento do pé-direito do ambiente.



Certo
Se o pé-direito for bem alto, instale a cortina a meio caminho entre o teto e a parte superior da janela. Usando varões, é mais fácil regular a altura.


Certo
Para obter efeito de amplidão, um bom truque é que a cortina seja o mais alta possível. Hoje há até modelos de trilho apropriados para fixação direta no teto.

Errado.
 A cortina longa demais prejudica a circulação e acumula poeira. Por isso, faça a barra no comprimento certo e, para não sofrer com o encolhimento do tecido, invista duas vezes ao ano no serviço de uma boa lavanderia.

Certo.
 “A cortina ideal apenas toca o chão e deve ter o caimento leve, semelhante ao do voal”. 


Regrinhas de ouro

  • No quarto do casal a Cortina deve criar clima mais romântico;
  • Tecidos grossos preservam a privacidade;
  • Cozinha é importante que o tecido seja fácil de lavar, pode também usar as micro cortinas que dá um visual claen ,
  • Cortinas para sala de TV ou home theater precisam bloquear com eficiência a luz;
  • Na hora de escolher o modelo, não se esqueça de ter em mãos as medidas da janela;
  • Acrescente 20 cm nas laterais para que a claridade não escape por frestas.;
  • Uma orientação é infalível: quando usar dois tipos diferentes de estampas, cuide para que elas tenham uma ou duas cores em comum. Quanto mais tons semelhantes, mais harmoniosa ficará a composição. 
  • se você tem almofadas floridas com um fundo rosa, a mesma cor pode estar na almofada listrada ao lado. 
  • Nada de tecidos pesados e detalhes rebuscados. As janelas agora pedem panos esvoaçantes e translúcidos em cortinas pouco volumosas, de corte seco.
  • Instalada num trilho suíço, esta cortina é levemente franzida. Você pode obter esse efeito sem lançar mão de pregas, apenas usando um volume a mais de tecido.


    Trilhos Suiços







    Projeto Sandra Dias . Interiores
    Optei por trilhos suiços, são duas cortinas a branca feita de um tecido corta luz  (tipo de blackuat bem leve e com um lado aveludado)e por cima um chale preto de voal. 


    Varão


    Esta cortina do living, optei por duas cortinas, uma para cada janela, em tecido com fibra de bananeira para compor  o ambiente rústico chique, como a incidência de sol e inexistente optei por um tecido que filtre a luminosidade.

    Projeto : Sandra Dias . Interiores

    As cortinas presas com ilhoses em varões ganham ondulações bem marcadas - visual reproduzido nesta peça. Além de não gastar muito tecido, a vantagem desse modelo é que ele ocupa menos espaço quando está recolhido.


    Com botões

     


    As coloridas

      

    Na prática, são dois painéis, já que o tecido não tem pregas e possui quase a mesma largura da janela", o pano esticado serve de tela para o bordado manual feito de viés americano branco e contas plásticas coloridas. Detalhes coloridos na cortina ficam bem em ambientes com decoração clean. Na hora de instalar, prefira os trilhos suíços para este tipo de modelo em forma de painel. Eles mantêm o tecido mais esticado. Além disso, fica fácil retirar para a lavagem.


    Seda 


    É um tecido que reúne sofisticação e leveza, Pendurados em trilhos suíços escondidos no forro de gesso, os panos costurados com pregas americanas adquiriram volume e um belo caimento, Quando há mais de uma janela na mesma parede, faço cortinas individuais para cada uma. Fica mais bonito e o tecido não desbota de forma irregular.


    "Deus é a lei e o legislador do Universo".