24 novembro 2011

Eu Marceneira?

 De♥coração

Ontem fiz uma bancada ....  não é bem assim!    Tudo aconteceu assim .....


 Na verdade a bancada da quarto da minha filha foi reaproveitada, durante a obra foram retirados os armários embutido por que eram pequenos e estavam muito ruins, com uma das porta, a de melhor estado, fiz uma bancada. Mandei pintar com tinta automotiva e ficou show. Passaram-se três anos, e começou a sair de dentro da madeira umas formigas enorme de hábitos noturnas.  As bichas eram enormes mesmo e ficavam paradas atrás do monitor/tv, não sei se era o cheio que exalava, sei que minhas filhas ficavam em pânico com a quantidade de formigas. As meninas tem fobia a acumulação de formigas, que tem até nome "mirmecofobia", herança do meu irmão. Eles se arrepiam e saem correndo ao ver um monte de formigas ou formigueiros. No começo era até divertido matá-las mas foi ficando sem graça, então resolvemos abandonar a porta ou melhor a bancada e parti para outra, claro com baixo custo.


Nunca mais compro estas prateleiras que vendem, aos baldes, em todo lugar, e são caríssimas.

Há um tempo, na verdade já um bom tempo mesmo, fiquei sabendo que as madeireiras vendem e cortam madeiras laminadas na cor de sua preferência, sem custo adicional, pode ser até um projeto de closet ou armário. Há vantagem e desvantagem nisso, porque você tem que comprar a chapa de madeira ou mdf  inteira cru ou revestido, medindo  2,750 x 1,850 a de 15 mm, ao preço de R$ 128,00. Então o melhor a fazer e projetar algo mais para usar a placa toda. No meu caso queria  uma bancada medindo 1,90 x 0,50 . Com as sobras vou espalhar prateleira pela casa e vou até fazer uma bancada para meu genro.

Comprei o material pedi para que fossem cortada a minha bancada e o restante cortei em mais 2 pranchas 2,00 x 0,50 e mais alguns sobras. Bem, difícil foi trazer no carro, mas os funcionários da madeireira Lojão dos Compensados em Santa Cruz são muito gentis e arrumou tudinho direitinho no carro.



Dicas:
  • São duas colas para cada bancada, gasta bastante.
  • A lixa pode ser outra, mas gosto de trabalhar com a de unha, são para retira as marcas (dentes) deixada pela serra;
  • Ao passar a cola sempre suja, vai limpando com um pano, e  ainda estiver suja deixe secar, e esfregue o dedo e ou a borracha;
  • Corte as tiras antes de começar a colar, com tesoura esqueci de fotografar;
  • Faça sobre uma superfície lisa e limpa,
  • Deixe secar colocando a parte que foi colada para o chão, assim o peso da madeira faz com que cole mais rapidamente, e vai alternando
  • Cuidado com a cola ela seca muito rápido;

     

 Este foi o resultado, achei muito fácil pregar a fita de acabamento, me deu um pouco mais de trabalho porque não havia na loja a fita de 15 mm e tive comprar uma mais larga e cortar as sobras com estilete. É  óbvio, as coloquei para baixo, assim ninguém ver as falhas existentes, um cantinho torto aqui e acolá. Garanto, a próxima ficará bem melhor. 


E assim termina meu dia de carpinteira.


u_3ba8e31b